BLOG ACHE PEÇAS

CARRO REBAIXADO, VALE A PENA?

Há quem diga que o automóvel rebaixado fica mais bonito, independente do modelo. Com o sucesso do tuning, ou seja, um passatempo referente a alteração extrema, os automóveis rebaixados ganharam destaque e se popularizaram.

A moda de personalizar o veículo se tornou o hobby de muitos amantes do autoesporte, principalmente com o surgimento de filmes como “Velozes e Furiosos” que abusam de carros turbinados nas cenas.

É comum as pessoas ficarem atraídas por automóveis que aparecem nas grandes telonas, principalmente quando elas servem de inspiração para as tendências do mercado automotivo, mas com essas inovações surgem também as dúvidas em relação ao processo de modificação.

Quais as formas mais seguras de rebaixar o carro?

Existem diversos modos de personalizar o veículo, no entanto, é preciso ter cuidado ao estilizar porque qualquer descuido pode gerar uma falha irreversível.

Ao decidir fazer uma modificação, é necessário chamar um profissional especializado que domine o serviço, pois ele utilizará as ferramentas e técnicas corretas para evitar o estrago e oferecer segurança. A seguir, conheça 3 métodos de rebaixar o veículo mais utilizado:

Corte das molas

Nesse sistema é feita a desmontagem da suspensão do automóvel para retirar a mola. Em seguida ela é comprimida, cortada e encapada nas pontas para evitar ruídos, geralmente com uma mangueira. No fim do processo a suspensão é montada novamente.

Apesar de esse ser o processo mais antigo e procurado pelos condutores, é também a opção menos confiável, pois, as molas podem quebrar facilmente.

kit de suspensão

Diferente do modelo citado acima, esse é o mais seguro e exige que sejam feitas alterações em todo o conjunto de suspensão do automóvel. Inclusive, nesse método as peças comuns são trocadas por amortecedores esportivos e molas rebaixadas.

Independente da mudança intensa, essa opção garante a estabilidade nas curvas, tornando o veículo mais seguro.

Suspensão a ar

Esse sistema funciona quando as molas dos veículos são substituídas por bolsas de ar, que vem de um cilindro metálico de armazenamento.

Nesse processo o condutor pode regular a altura do automóvel com o controle das bolsas. Na prática, quando a bolsa infla, o carro eleva e quando desinfla, ele rebaixa.

Quais as vantagens?

Carro mais estável

O centro da gravidade desse tipo de veículo vai para baixo, portanto, contribui com a estabilidade na hora de fazer manobras com mais segurança.

Favorece a aerodinâmica automotiva

O condutor do veículo mais baixo tem facilidade em dirigir em alta velocidade, devido o melhor desempenho da aerodinâmica influir na dirigibilidade do automóvel.

Personalização e estilo

A vantagem do carro tunado é que você pode personalizá-lo conforme seu gosto e estilo, de modo exclusivo.

Quais os riscos?

Apesar desses benefícios, não devemos esquecer que a proposta da customização é alterar as configurações originais e de segurança que vem de fábrica. Portanto, é preciso refletir nas desvantagens antes de mudar o modelo padrão do seu carro.

Desgaste no assoalho

Ao passar por lombadas e buracos o assoalho e para-choque podem raspar no chão e prejudicar a parte de baixo do motor, inclusive gerar problemas no escapamento.

Problemas nos pneus e peças automotivas

Os pneus ficam propensos a sofrer sérios danos com o atrito entre a borracha e o para-lama. Além desse problema, a vida útil do motor é reduzida e ocorre o mau funcionamento da mola de suspensão.

Redução do conforto

Sem a eficiência da suspensão o veículo acaba se tornando desconfortável, ou seja, cada obstáculo que ele passar vai gerar um impacto que pode ser facilmente notado pelos motoristas e passageiros.

Danos no bolso

Manter um carro baixo irá demandar um bom planejamento financeiro. O proprietário precisa considerar que os desníveis e as alterações irão prejudicar o automóvel e, certamente, será preciso fazer vários reparos.

Modificar o carro é permitido pela lei?

Assim como as principais mudanças relacionadas ao motorista precisam ser asseguradas pela lei, o Código Brasileiro de Trânsito também permite a alteração na suspensão do automóvel.

As mudanças precisam atender aos requisitos legais, conforme descrito no artigo 6°, na resolução n.º 479/2014 do Contran:

“Art. 6º Os veículos de passageiros e de cargas, exceto veículos de duas ou três rodas e quadriciclos, usados, que sofrerem alterações no sistema de suspensão, ficam obrigados a atender aos limites e exigências previstos nesta Resolução, cabendo a cada entidade executora das modificações e ao proprietário do veículo a responsabilidade pelo atendimento às exigências em vigor.

I – o sistema de suspensão poderá ser fixo ou regulável.
II – A altura mínima permitida para circulação deve ser maior ou igual a 100 mm, medidos verticalmente do solo ao ponto mais baixo da carroceria ou chassi, conforme anexo I.
III – O conjunto de rodas e pneus não poderá tocar em parte alguma do veículo quando submetido ao teste de esterçamento.

Se você tem interesse em deixar o carro baixo, esteja atento às medidas para não ser multado! A infração é grave, com acréscimo de 5 pontos na carteira de habilitação, multa de R$195,23 e retenção do automóvel até a regularização.

E então, será que compensa?

A customização do automóvel continua a ser um assunto polêmico entre os brasileiros, mas se você tem interesse em customizar o veículo, seguir corretamente a legislação e escolher o modo mais seguro de fazer a reforma, não ocorrerão problemas internos.

Por outro lado, uma batida pode mudar toda a circunstância em minutos, então seu bolso precisa estar preparado para os reparos. É preciso avaliar com muita calma se vale a pena personalizar e perder o conforto ao conduzir o automóvel.

Independente da sua escolha, a Ache Peças está disposta a oferecer os melhores produtos automotivos para garantir sua segurança e realizar qualquer mudança com conforto ao dirigir.

LEIA TAMBÉM...

Solicite seu orçamento agora mesmo!

CONTATO

(47) 3434-6042

WHATSAPP

(47) 9.9986-8855

E-MAIL

contato@achepecas.net

ENDEREÇO

R. Victor Kursancew, 284 - Costa e Silva, Joinville - SC, 89218-400